Artigos

A CONSTANTE MUDANÇA NO FUTEBOL VEM IMPEDINDO O CRESCIMENTO DAS EQUIPES E PODANDO A OUSADIA DOS TÉCNICOS

Rogério Rosa Inácio
Publicado em 04 de janeiro de 2009

Ultimamente o que podemos verificar no futebol e que as equipes que chegam entre as primeiras estão mantendo no seu comando técnicos o mesmo profissional há um bom tempo, para assim conseguirem fazer a equipe assimilar muito mais a sua proposta de jogo, e consequentemente causar um crescimento necessário para os resultados positivos virem, e acima de tudo apresentando um jogo consistente e que vai dando uma característica ao time.

Entretanto, na maioria das equipes estamos presenciando uma constante troca no comando, atribuindo assim os resultados negativos simplesmente aos técnicos. Não esta descartada essa possibilidade também, caso esse profissional não faça seu planejamento estratégico, de acordo com sua equipe e principalmente com uma real proposta de jogo e trabalhe de forma que a equipe assimile e consiga os resultados que assegure o seu emprego, ele tem parte sim nos resultados negativos.Mesmo que todos saibam que muitas vezes os resultados não estão vindo por falta de qualidade da equipe, em relação as que estão vencendo seus jogos, e a tentativa de conseguir resultados e mudanças no comportamento dos jogadores através da troca de treinadores, esta cada vez mais sendo praticada pelos diretores dos times.

Com a freqüência que esta sendo essa troca constante, quem esta perdendo é o futebol, pois as equipes e os jogadores acabam não alcançando nenhum crescimento no seu jogo, não formando uma característica própria, e principalmente ficando apenas a força de vontade para vencer os jogos.

Tendo como exemplo a equipe atual Tricampeã do futebol brasileiro, vem mantendo seu técnico a três temporadas, e com isso, mantendo uma base da sua equipe, que cada vez mais, evolui na sua maneira de jogar, permitindo assim, esse crescimento da qual estamos falando.

Sem duvida que a qualidade de seus jogadores traz uma possibilidade muito favorável para vencer os jogos, considerando a qualidade individual das outras equipes e ainda a falta de uma maneira definida de jogar.

A conseqüência maior nessa situação, é que os treinadores estão perdendo a ousadia na hora de preparar suas equipes, estão mais preocupados em não perder os jogos para não perder o emprego, assim estão deixando de realizar um trabalho para ganhar campeonatos e sim apenas pensando em ganhar um jogo.

Claro que para ganhar um campeonato tem que ganhar jogos, mas na realidade, da maneira que estão fazendo, se ganha um e perde-se outro em seguida. Isso faz com que o técnico mude a toda hora a estrutura do seu time, seja por pressão da torcida, imprensa e diretoria. A todo momento ocorre a troca de jogadores, troca de esquema tático, aqueles números que na realidade não são bem trabalhados com os jogadores, e tenta-se posicionar de maneira mais defensiva um jogo e em outro mais ofensivo.

Quem pensa que os nossos jogadores estão preparados para essas mudanças constantes estão pecando e perdendo seus empregos. Então, os técnicos acabam se preocupando em defender (sem trabalhar a defesa) para manter seu cargo no time.

A ousadia de fazer com que a equipe seja mais dinâmica, exigir mais dos jogadores num futebol moderno esta ficando para um ou outro técnico, por isso que estamos vendo os mesmos técnicos ganhando campeonatos e outros dependentes dos jogadores estarem motivados.



 


  Artigos  |  Curso Presencial  | Cursos OnLine  | Estágios para Treinadores  | Consultoria em Futsal  | Shop Futsal | Contato  |  

 
  Copyright 2015 Project Multimidia. Todos os direitos reservados.