Artigos

Ressignificando o Esporte

Edson Alencar Schultz Muller/ CREF-5508G/RS
Publicado em 19 de agosto de 2008

O esporte como atividade de lazer apresenta-se de duas formas distintas, podendo ser praticado sob as normas do alto-rendimento ou sob uma forma ressignificada (MARQUES, 2005). Na primeira, o esporte segue as regras e normas formais e, em geral, ocorre em ambientes próprios e formatados para tais práticas amadoras. A segunda forma, ressignificada, não respeita, necessariamente, a lógica do alto-rendimento. Baseia-se num princípio de ressignificação da prática esportiva, através da adaptação de regras, espaços, materiais, número de participantes, diferenciação de objetivos, princípios e, principalmente, valores transmitidos. Visa a inclusão e participação efetiva de todos os praticantes interessados.



Independente em qual forma de manifestação o esporte se apresenta, a competição é um aspecto inerente (MARQUES, 2005), e é nessa característica que se apresenta a diferenciação entre tais esferas, ou seja, o sentido agregado à prática deriva da forma com que a competição é representada e o valor dado à mesma. Dessa forma, o que é socialmente aceito durante a disputa deriva do sentido dado à prática e as normas adotadas pelo grupo. Por essa razão, nota-se no esporte de alto-rendimento uma necessidade primordial de racionalização, burocratização e a presença de arbitragem, pois a vitória é o objetivo central da prática, o que pode estimular formas estratégicas e até ilegais de ação. Por outro lado, no lazer ressignificado, por não haver uma normatização universal, e suas regras e normas de ação serem pautadas no consenso inicial estipulado pelo grupo (legalidade definida), tal sentido proporciona a possibilidade de ausência de arbitragem e a tomada conjunta de decisões entre os participantes.



Assim, essas formas de manifestação são expressões de um único fenômeno sócio-cultural que pode ser denominado como esporte contemporâneo, que se apresenta de forma diferenciada em relação ao surgimento do esporte no século XVIII, tanto em relação à espetacularização do esporte de alto-rendimento, quanto à forma heterogênea no lazer.



Pode-se estabelecer algumas relações com o exposto acima a partir da análise da Lei nº 9.615/98, em seu artigo 3°, incisos I, II, III que conceitua as manifestações esportivas nos seguintes termos:



a) Desporto educacional (I): “Praticado nos sistemas de ensino e em formas assistemáticas de educação, evitando-se a seletividade, a hipercompetitividade de seus praticantes, com a finalidade de alcançar o desenvolvimento integral do indivíduo e a sua formação para o exercício da cidadania e a prática do lazer”.



b) Desporto de participação (II) “De modo voluntário, compreendendo as modalidades desportivas praticadas com a finalidade de contribuir para a integração dos praticantes na plenitude da vida social, na promoção da saúde e educação e na preservação do meio ambiente”.



c) Desporto de rendimento (III): “Praticado segundo normas gerais desta Lei e regras de práticas desportivas, nacionais e internacionais, com a finalidade de obter resultados e integrar pessoas e comunidades do País e estas com as de outras nações”. Parágrafo único- O desporto de rendimento pode ser organizado e praticado: I - de modo profissional, caracterizado pela remuneração pactuada em contrato formal de trabalho entre o atleta e a entidade de prática desportiva; II - de modo não profissional, identificado pela liberdade de prática e pela inexistência de contrato de trabalho, sendo permitido o recebimento de incentivos materiais e de patrocínio.





Numa breve análise sobre essas manifestações, ainda acredita-se que as responsabilidades estabelecidas tanto no desporto educacional, de participação e de rendimento, inúmeras vezes se confundem, e o que deveria ser papel do Clube acaba a Instituição Escolar efetuando, e vice-versa, e o que o Estado como gestor Público deveria assumir, também é transferida essa responsabilidade para a Iniciativa Privada.





 


  Artigos  |  Curso Presencial  | Cursos OnLine  | Estágios para Treinadores  | Consultoria em Futsal  | Shop Futsal | Contato  |  

 
  Copyright 2015 Project Multimidia. Todos os direitos reservados.