Artigos

Dissertação Conclusão Curso On Line

Prof. Ms. Marcelo Callegari Zanetti
Publicado em 01 de setembro de 2008

Talvez uma das maiores dificuldades de qualquer técnico de futsal é o treinamento tático, já que, ele não depende apenas de ações individuais dos jogadores, mas sim, de um conjunto de ações individuais que tem como objetivo comum, o adequado desenvolvimento das ações coletivas da equipe.

Porém, muitas vezes, os atletas e até alguns técnicos, acreditam que o sucesso de uma equipe está atrelado simplesmente à presença de jogadores com grandes habilidades técnicas, que com a bola nos pés desconcerta qualquer adversário.

Mas, com o passar dos anos, o futsal, assim como o desporto moderno tem sofrido transformações sem precedentes, no quais, os melhores boleiros da rua (termo que eu utilizei para definir aqueles jogadores com grande habilidade técnica que geralmente são encontrados nas mais diversas peladas) passaram de astros a jogadores medíocres na maioria das equipes que atuam. Esta é uma realidade que infelizmente ainda é pouco percebida por uma grande parcela de atletas, e, infelizmente de alguns técnicos, que ainda consideram o jogador com grande habilidade individual, insubstituível dentro de suas equipes, o que acaba fazendo com que essas equipes na consigam atingir um bom nível de performance.

Esta constatação é realidade dentro do futsal moderno, que ao meu ver deve reunir as qualidades individuais em favor da equipe. Já que, a junção de qualidades individuais deverá levar a um conjunto de ações táticas (ofensivas e defensivas) padronizadas para a equipe, que com o adequado desenvolvimento farão com que a equipe alcance um padrão de jogo diversificado e único. O ótimo desenvolvimento deste padrão de jogo é fundamental, já que, atualmente a maioria das equipes e jogadores se conhece, o que torna fácil a antecipação de ações individuais treinadas fora de um padrão de jogo coletivo. Neste momento eu me refiro às equipes que usam as habilidades individuais de seus atletas, em jogadas pré-ensaiadas, para vencer o adversário, o que ao meu ver terá pouca chance de êxito no esporte moderno.

Esta análise está embasada em uma leitura prática e científica adquirida ao longo de anos de trabalho e estudo, que me levam a acreditar na necessidade da formação de um outro tipo de atleta. Um atleta que contemple: grande nível de habilidade técnica, grande capacidade física e psicológica e uma grande inteligência tática.

Porém, esta formação só será alcançada quando os atletas, principalmente nas etapas de iniciação, aprenda não apenas a dominar a bola e chutar a gol, mas sim, a posicionar-se adequadamente dentro da quadra de jogo; a correr ordenadamente com e sem a bola nos pés; a assistir/servir bem os companheiros; a marcar os adversários (individualmente, por zona ou com marcação mista), levando em consideração que a defesa não é de responsabilidade individual, mas sim, coletiva, já que ela deve fazer parte de um sistema; a criar oportunidades de gol, não apenas em situações de bola parada ou de êxito individual, mas sim, da realização de ações táticas provenientes de um sistema ou padrão de jogo previamente treinado.

Atualmente o desenvolvimento de tais fundamentos parece utópico no futsal e no esporte brasileiro como um todo. E é! Já que tal mudança resvala na falta de formação de técnicos e dirigentes, que na maioria das vezes conhece a modalidade em questão apenas pela vivência como atleta profissional, amador ou apenas por ser amante da modalidade, o que os leva a desconhecer e até negligenciar a importância de algumas ciências do esporte (estatística, biomecânica, fisiologia do exercício, psicologia do esporte, etc.) tão importantes na formação dos atletas. Um outro problema encontrado pelos técnicos é a baixa formação intelectual dos atletas, que também reflete em uma leitura bastante rasteira do esporte por ele praticados, o que, muitas vezes faz com que estes indivíduos dependam muito da leitura do jogo transmitida pelo técnico, para tomar determinadas decisões no decorrer da partida.

Por tudo isso, eu acredito que a melhora do esporte brasileiro também está atrelada a uma educação de maior qualidade, que com certeza refletirá em um jogador mais inteligente técnica e taticamente.



 


  Artigos  |  Curso Presencial  | Cursos OnLine  | Estágios para Treinadores  | Consultoria em Futsal  | Shop Futsal | Contato  |  

 
  Copyright 2015 Project Multimidia. Todos os direitos reservados.